Bulavet

Milhares de bulas de medicamentos veterinários

DRONTAL PUPPY

BAYER S.A.

Classes
Caninos
Registro
5208/95
Responsável Técnico
Cristina Caetano Medeiros Jorge - CRMV: (SP) 12022
Princípio(s) Ativo(s)

FEBANTEL

PIRANTEL

Fórmula

Cada 100 mL contém: Febantel .........................1,50g Pamoato de pirantel .......1,44g Excipiente q.s.p. ............100,00mL

Indicações

Drontal Puppy é especialmente indicado para o tratamento e controle das verminoses intestinais e da giardíase em filhotes de cães e adultos das raças miniatura, apresentando excelente atividade contra os seguintes parasitos: Nematódeos - vermes redondos: _ Ancylostoma braziliense _ Ancylostoma caninum _ Toxocara canis _ Toxascaris leonina _ Trichuris vulpis _ _ Uncinaria stenocephala _ Protozoários: _ Giardia _ spp.

Dosagem

Administrar em dose única 1 mL de Drontal Puppy para cada kg de peso do animal, o equivalente a 15 mg de febantel e 14,4 mg de pamoato de pirantel por kg de peso. Para o tratamento das verminoses intestinais, administrar o produto em dose única. Contra a giardíase, administrar o produto na dosagem recomendada uma vez por dia, durante três dias consecutivos.

Administração

Uso oral. Verifique o peso de seu cão a fim de calcular a dose correta para o tratamento. Drontal Puppy deve ser administrado exclusivamente por via oral, com auxílio da seringa dosadora. O produto é muito bem tolerado, dispensando regime especial ou jejum prévio. Agite bem, antes de usar.

Precauções

Recomendações: Uma única dose de Drontal Puppy elimina os nematódeos presentes no intestino do cão. Porém, as larvas de nematódeos que estejam migrando pelo organismo do animal chegarão ao intestino em diferentes intervalos de tempo, peculiares a cada espécie de verme, estabelecendo uma nova infestação. Somam-se a elas as larvas e ovos adquiridos do ambiente contaminado. Assim sendo, faz-se necessário administrar uma nova dose após um determinado tempo, de acordo com o período pré-patente do verme diagnosticado, que deve ser avaliado pelo médico veterinário com base na espécie de verme, no ambiente e no manejo do cão. Cada _ Ancylostoma caninum _ adulto ingere cerca de 0,1 mL de sangue por dia, e infestações severas costumam ser fatais para os filhotes. As larvas desse verme passam da glândula mamária ao leite, penetram ativamente pela pele ou são ingeridas a partir do ambiente contaminado. Já o _ Toxocara canis _ infesta os filhotes atravessando a barreira placentária, chegando ao leite através da glândula mamária, ou pela ingestão dos ovos. A cadela pode eventualmente adquirir o verme ingerindo aves ou roedores. Larvas desses dois últimos vermes permanecem inativas na musculatura da cadela, produzindo infestações por diversas crias consecutivas. Por essa razão, recomenda-se o tratamento da fêmea antes da cobertura e 10 dias antes do parto. Os filhotes podem ser tratados durante a lactação e após o desmame, com 2, 4, 8 e 12 semanas, e aos 4, 5 e 6 meses. Deve-se vermifugar a cadela ao mesmo tempo que a ninhada. Os cães adultos podem ser vermifugados a cada três meses. Junto com a vermifugação, deve ser feita uma limpeza rigorosa do ambiente, com produtos à base de cloro ativo, efetivos contra larvas e ovos dos vermes. Os nematódeos dos cães representam também um sério risco para humanos. Para o controle da giardíase, é importante oferecer aos cães água clorada e filtrada, trocando-a várias vezes ao dia. Lavar diariamente os bebedouros e desinfetar o ambiente com produtos à base de amônia quaternária, porque os cistos de _ Giardia _ spp. sobrevivem no ambiente e são uma fonte de reinfestação para os cães. A remoção imediata das fezes do cão limita a contaminação do ambiente por vermes e protozoários. Consulte o médico veterinário para adequar o tratamento com Drontal Puppy a cada situação particular. Contra-Indicações: Não administrar Drontal Puppy para gatos. Reações Adversas: Os estudos de toxicidade sobre este produto indicam uma ampla margem de segurança para cães, sem contra-indicações ou efeitos colaterais, podendo inclusive ser utilizado durante a gestação e lactação, conforme esquema de tratamento proposto. Animais altamente infestados por vermes podem apresentar vômitos, diarréias e apatia, causados pela morte e desintegração desses parasitos no intestino do cão. A presença de vermes inteiros ou fragmentos de vermes nas fezes do cão tratado é indicativo de grandes cargas parasitárias. Doses muito elevadas podem provocar vômitos em animais sensíveis. Conservar em local seco e fresco, ao abrigo da luz solar direta e fora do alcance de crianças e animais domésticos. Venda sob prescrição e aplicação sob orientação do Médico Veterinário.

Apresentação

Frasco plástico contendo 10, 20 e 100 mL com dosificador.

Classe Terapêutica

ENDOPARASITICIDAS (ANTI-PARASITÁRIOS)

SAC
0800-701-55-46