Bulavet

Milhares de bulas de medicamentos veterinários

TELAZOL®

ZOETIS INDÚSTRIA DE PRODUTOS VETERINÁRIOS LTDA

Classes
Caninos, Felinos
Registro
6279 em 09/02/98
Responsável Técnico
Renato Beneduzzi Ferreira - CRMV: SP-Nº 1695
Princípio(s) Ativo(s)

ZOLAZEPAM

TILETAMINA

Fórmula

Cada frasco ampola com liofilizado contém:

(Zolazepam (cloridrato) .........................................250,0 mg*

Tiletamina (cloridrato) ............................................250,0 mg**

Veiculo q.s.p ..........................................................956,0 mg

*equivalente em Zolazepam base

**equivalente em Tiletamina base

Diluente:

Cada frasco contém.

Água destilada e estéril .............................5,0 ml

Indicações

Como anestésico para uso em cães e gatos sadios, por ocasião de intervenções cirúrgicas que durem entre 30 a 60 minutos.

Em gatos, é indicado para contenção ou para anestesia combinada com relaxamento muscular e em cães para contenção e pequenas intervenções cirúrgicas de curta duração (em média 30 minutos), que requeiram analgesia suave e moderada.

Consideram-se pequenas cirurgias os reparos de lacerações, drenagem de abscessos, castração, etc.

Dosagem

POSOLOGIA E MODO DE USAR
As doses do produto são expressas em mg da combinação das duas drogas. Para reconstituição, transferir o diluente para o frasco com liofilizado com seringa estéril e agitar suavemente. Depois de reconstituído,Telazol ® contém 100 mg da combinação das drogas ativas por cada ml.

Cães: em cães sadios, é indicada uma dosagem inicial de 6.6 a 9.9 mg/kg para fins de diagnóstico e a dosagem de 9,9 a 13,2 mg/kg para pequenos procedimentos cirúrgicos de curta duração, como tratamento de lacerações e ferimentos, castração, etc, que requeiram analgesia suave à moderada.
Quando forem necessárias doses suplementares de TELAZOL ® , estas deverão ser menores que a dose inicial e as duas doses somadas (inicial + suplementar) não deverão exceder o limite de 26,4 mg/kg. Os melhores resultados da anestesia com TELAZOL ® são obtidos quando os procedimentos são feitos dentro de uma hora, com aplicação da dose única. A fim de manter uma margem de segurança de 2x em cães, o uso do produto é recomendado em procedimentos que podem ser feitos com doses baixas.

Gatos : uma dosagem inicial de 9,7 a 11,9 mg/kg é recomendada para procedimentos odontológicos, tratamento de abscessos, remoção de corpo estranho e cirurgias relacionadas. Para pequenos procedimentos, recomenda-se uma dosagem de 10,6 a 12,5 mg/kg para obter um estado de analgesia suave a moderada, requerida para o tratamento de lacerações, castrações e outros procedimentos de curta duração.
Dosagens iniciais de 14,3 a 15,8 mg/kg são recomendadas para ovariohisterectomia e extrações de unha. Quando doses suplementares forem requeridas, estas devem ser inferiores à dose inicial e as duas doses somadas não devem exceder o limite da dosagem de segurança de 72 mg/kg.

O produto reconstituído e não utilizado, quando mantido em temperatura entre 20°C a 30°C, deve ser desprezado após 4 dias e quando mantido em refrigerador, após 14 dias.

Administração

Administrar por via intramuscular profunda.

Precauções

PRECAUÇÕES E EFEITOS COLATERAIS Reduzir a dose em pacientes idosos ou debilitados. Como a excreção do produto ocorre predominantemente pelos rins, uma patologia renal pré-existente ou prejuízo da função renal podem resultar em duração mais prolongada da anestesia e nestes casos, a dosagem deve ser reduzida. TELAZOL ® não deve ser utilizado em gatos com insuficiência renal. Como TELAZOL ® transpassa a barreira placentária produzindo depressão respiratória em recém-nascido, os riscos de utilização em cesarianas devem ser avaliados pelo Médico Veterinário.
Foram registrados alguns óbitos em cães e gatos após administração de TELAZOL ® , atribuídos pela necropsia à doenças pulmonares e renais pré-existentes.

Entretanto, a morte foi atribuída ao uso do produto em um cão dentre 1072 animais e em um gato dentre 1095 animais. Gatos, assim como cães de raças pequena, com pequena massa corporal em relação à superfície corporal, deverão ser protegidos de perda de calor durante a anestesia com TELAZOL ® . A temperatura corporal deverá ser monitorada, o calor suplementar poderá ser necessário para controlar a hipotermia. Como acontece com outros anestésicos, recomenda-se hemostasia durante qualquer procedimento cirúrgico.

Durante a anestesia com TELAZOL ® poderão ocorrer movimentos sistóides, que não devem ser confundidos com falta de anestésico nem encarados como indicativo de falta de analgesia. Atropina, na dose de 0,04 mg/kg pode ser utilizada para combater o pitialismo que pode ocorrer durante a anestesia com TELAZOL ® .

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS:
Derivados Fenotiazínicos devem ser avaliados quando utilizados concominante ao TELAZOL ® , pelo fato dessa associação poder produzir depressões respiratória e miocárdica, hipotensão e hipotermia.

O TELAZOL ® associado ao Cloranfericol produz aumento na duração da anestesia em gatos.

CONTRA INDICAÇÕES:
Telazol®é contra-indicado para cães e gatos portadores de disfunções pancreáticas, cardiovasculares severas, pulmonares e renais.

Não foram estudados os efeitos do produto sobre o feto, pela qual o produto não é recomendado para fêmeas em gestação.

CUIDADOS: Deve ser mantido em sua embalagem original em temperatura ambiente (15°C a 30°C) e protegido da luz solar.

Manter fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Venda sob prescrição obrigatória e aplicação sob orientação do Médico Veterinário.

Apresentação

Frasco-ampola com liofilizado acompanhado de ampola diluente com 5 ml.

Classe Terapêutica

ANESTÉSICOS, SEDATIVOS E SIMILARES

SAC
0800 011 1919