Bulavet

Milhares de bulas de medicamentos veterinários

MILBEMAX C

NOVARTIS SAÚDE ANIMAL LTDA

Classes
Caninos
Registro
8684/03
Responsável Técnico
Denis Frota Daflon - CRMV: SP 23802
Princípio(s) Ativo(s)

MILBEMICINA-OXINA

PRAZIQUANTEL

Fórmula

Cada comprimido contém:

MILBEMAX C (Para cães até 5 kg )
Milbemicina oxima.............. 2,5 mg

Praziquantel .........................25 mg

Excipiente q.s.p. ..................125 mg

MILBEMAX C (Para cães de 5 a 25 kg)
Milbemicina oxima ..............12,5 mg

Praziquantel .........................125 mg

Excipiente q.s.p. ...................625 mg

Indicações

Propriedades Farmacol´gicas
A Milbemicina pertence ao grupo das lactonas macrocíclicas, isolada pela fermentação do

_ Streptomyces hygroscopicus var. aureolacrimosus _ . A Milbemicina A3/A4, na relação de 20:80

é um dos princípios ativos do MILBEMAX C . É efetiva contra os estágios larvais (L3, L4 e

microfilárias) de _ Dirofilaria immitis _ , e tem atividade contra os nematódeos intestinais que

infestam os cães. A atividade da Milbemicina é correlata com a ação da neurotransmissão em

invertebrados: ela potencializa o GABA (ác. Gamma Amino Butírico), um inibidor da transmissão

neuromuscular, provocando paralisia.

O Praziquantel é um composto sintético derivado de isoquinolina com denominação química

de 4H-pirazinol _ 2, 1-a _ isoquinolina-4-1, 2-(ciclohexil-carbonil)-1,2,3,6,7 ,llb-hexaidro. O protótipo

de uma classe sem igual de anti-helmínticos para uso humano e propósitos medicinais

veterinários. É efetivo contra cestódeos e trematódeos.

O Praziquantel causa afluência Ca2+ a receptores na superfície corporal de cestódeos e

trematódeos. Isto conduz à despolarização da membrana e contração quase instantânea da

musculatura (tétano), vacuolização rápida do tegumento sincicial e desintegração tegumental

subseqüente, resultando em expulsão mais fácil da área gastrointestinal ou morte do parasita.

MILBEMAX C , é indicado para a prevenção da dirofilariose canina, tratamento e controle de
infestações intestinais por vermes redondos (estágios adultos) tais como _ Ancylostoma caninum _ ,

_ Toxocara canis _ , _ Toxascaris leonina _ , _ Trichuris vulpis _ e vermes chatos (estágios imaturos e adultos) tais como _ Dipylidium caninum _ , _ Taenia spp. _ , _ Ecchinococcus spp. _ , _ Mesocestoides spp. _ .

Dosagem

MILBEMAX C (Para cães até 5 kg)
0,5 – 2,5 kg - 1/2 comprimido

2,5 – 5 kg - 1 comprimido

5 – 10 kg - 2 comprimidos

MILBEMAX C (Para cães de 5 a 25 kg)

10 – 25 kg - 1 comprimido

25 – 50 kg - 2 comprimidos

50 – 75 kg - 3 comprimidos

Obs.:animais com peso superior a 25 kg, deverão tomar uma combinação de comprimidos, de maneira que a dose mínima recomendada por ingrediente ativo, seja alcançada

Administração

MILBEMAX C , deve ser administrado a partir de 2 semanas de idade, e a partir daí, mensalmente até o animal completar seis meses de vida. Cadelas amamentando devem ser tratadas ao mesmo tempo que os filhotes delas. Os cães adultos devem ser tratados 4 vezes por ano, em se tratando de verminose gastrintestinal e mensalmente, para prevenção da infestação pelo verme do coração.
Os comprimidos de MIBEMAX C , estão disponíveis em dois tamanhos, para serem administrados por via oral aos cães, de acordo com o peso, devendo obedecer a uma dose mínima de 0,5 mg/kg de milbemicina oxima e 5 mg/kg de Praziquantel.

Precauções

Restrições de Uso:
MILBEMAX C para cães até 5Kg:
Não administrar em cães com menos de 2 semanas de idade e/ou peso inferior a 0,5Kg.

MILBEMAX C para cães de 5 a 25Kg:
Não foram efetuados estudos com cães gravemente debilitados ou animais com função hepática ou renal seriamente comprometidas. O uso do produto nestes animais deve ficar a critério do Médico Veterinário.

Reações Adversas:
Em casos excepcionais, sinais clínicos leves como ataxia, depressão e emese podem ocorrer depois do uso de MILBEMAX C .

Em caso de superdosagem, pode-se observar midríase, depressão, salivação excessiva, paresia, tremores e/ou dificuldade de locomoção. Tratamento sintomático pode ser aplicado a critério do Médico Veterinário.

Animais com alta infestação de dirofilária, por terem um grande número de microfilárias circulantes, podem, algumas vezes, apresentar uma moderada e transitória ação de hipersensibilidade, exteriorizando os seguintes sintomas: vômito, salivação excessiva, mucosas e membranas pálidas, dificuldade respiratória. Estas reações estão associadas à liberação de proteínas das microfilárias mortas ou que estão morrendo e não têm efeitos tóxicos relacionados ao produto.

Gestação e Lactação:
MILBEMAX C não provoca alteração da função reprodutiva nem fetal.
Não tem sido reportado nenhum efeito tóxico neonatal em cães que tenham recebido o produto como monoterapia.

Vencimento
2 (dois) anos da data de fabricação.

Condições de Armazenamento
Antes de usar, leia atentamente a bula.

Conservar em temperatura entre 15 e 30 ºC. Manter fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Venda sob prescrição de Médico Veterinário.

Apresentação

Caixa contendo 2, 10 e 50 comprimidos.

Classe Terapêutica

ENDOPARASITICIDAS (ANTI-PARASITÁRIOS)

SAC
0800 888 8280