Bulavet

Milhares de bulas de medicamentos veterinários

OUROTETRA

OUROFINO SAÚDE ANIMAL LTDA.

Classes
Aves, Bovino, Caprinos, Ovinos, Suíno
Registro
9.033 em 19/01/2005
Responsável Técnico
Dra. Sandra Barioni Toma - CRMV: SP 14.817
Princípio(s) Ativo(s)

OXITETRACICLINA

Fórmula

Cada 100 g contém:

Oxitetraciclina.................................................... 50,00 g

Veículo q.s.p. ....................................................... 100,00 g

Indicações

OUROTETRA é um antibiótico bacteriostático, de amplo espectro, indicado para prevenção e controle de doenças causadas por bactérias GRAM positivas e GRAM negativas sensíveis a oxitetraciclina, em aves de corte e postura, suínos, bovinos, caprinos, ovinos.

Aves : Cólera aviária _ Pasteurella multocida _ ; Tifo aviário _ Salmonella gallinarum _ ; Pulorose _ S. Pullorum _ ; Colibacilose aviária _ Escherichia coli _ ; Listeriose _ Listeria monocytogenes _ ; Coriza infecciosa _ Haemophilus paragallinarum _ ; Hepatite infecciosa _ Clostridium septicum _ ; Hepatite infecciosa _ C. perfringens _ ; Sinovite infecciosa _ Staphylococcus aureus _ ; Doença crônica respiratória - DCR _ Mycoplasma gallisepticum, M. synoviae _ ; Borreliose _ Borrelia anserina _ ;

Suínos : Enterite _ Escherichia coli _ ; Penumonia _ Pasteurella spp _ ; Pneumonias e artrites _ Mycoplasma spp _ ; Leptospirose _ Leptospira spp _ ; Rinite atrófica _ Bordetella bronchiseptica _ ; Septicemia hemorrágica, pneumonia _ Pasteurella multocida _ ); Síndrome agalactia - Complexo M.M.A Klebsiella aerogenes _ ; Feridas infectadas _ Clostridium spp _ ; Salmoneloses Salmonella spp _ ); Epidermite exsudativa _ Staphylococcus hyicus _ .

Bovinos, Ovinos e Caprinos : Septicemia, pneumonia _ Pasteurella spp bacteremia _ ; Podridão do casco _ Fusobacterium necropharum _ ; Penumoenterites, enterites, septicemia, diarréia de bezerros _ Escherichia coli _ ; Actinobacilose ou “língua de pau” _ Actinobacillus lignieresi _ ; Enterites _ Salmonella spp _ ; Leptospirose _ Leptospira spp _ ; Pododermatites _ Fusobacterium spp _ ; Enterites, metrites, mastites, onfaloflebites e feridas infectadas _ Staphylococcus spp _ ; Anaplasmose _ Anaplasma spp _ ).

Dosagem

Modo de uso e dosagem: OUROTETRA deve ser administrado por via oral, adicionado à ração dos animais a serem tratados. Para melhor homogeneização do produto, deve-se realizar uma pré-mistura, inicialmente incorporando OUROTETRA a uma pequena quantidade de ração e depois, essa mistura deverá ser adicionada a quantidade final de ração.

AVES : Administrar 200-500g de OUROTETRA / tonelada de ração durante 7-14 dias ou a critério do médico veterinário. Dose terapêutica média recomendada de oxitetraciclina: 20 mg/Kg.

SUÍNOS : Administrar 1,3-1,8 Kg de OUROTETRA / tonelada de ração durante 5-14 dias ou a critério do médico veterinário. Dose terapêutica média recomendada de oxitetraciclina: 30 mg/Kg. BOVINOS, OVINOS E CAPRINOS : Administrar 4 g OUROTETRA / 100 Kg de peso corporal, por no mínimo 3 dias ou a critério do médico veterinário. Dose terapêutica média recomendada de oxitetraciclina: 20 mg/Kg.

Recomendamos não descontinuar o tratamento por pelo menos 48 horas após o desaparecimento dos sintomas.

Administração

Via oral adicionado a ração.

Precauções

Obedecer às dosagens indicadas para o uso do produto. Somente o médico veterinário está apto a fazer alterações nas dosagens recomendadas para o uso do produto. As pessoas com hipersensibilidade conhecida às tetraciclinas devem evitar contato com o produto. Se houver disfunção renal, as doses devem ser reduzidas para evitar o cúmulo sistêmico excessivo da droga. Utilizar equipamentos de proteção individual (EPI) ao manipular o produto.

Contra-indicação e limitação de uso: Não administrar o produto em fêmeas nos dois primeiros terços da gestação e em período de lactação. Não administrar o produto em animais que apresentam hipersensibilidade às tetraciclinas. Não administrar o produto com prazo de validade vencido.
Interações medicamentosas: Não administrar a animais que estejam recebendo tratamento com barbitúricos, metoxiflurano ou fenitoína. A absorção das tetraciclinas pode ser afetada, na presença de hidróxido de alumínio, bicarbonato de sódio, sais de cálcio e de magnésio e preparações de ferro.
Efeitos adversos: O tratamento prolongado pode causar distúrbios gastrintestinais como náuseas, vômitos e diarréias, podendo ser minimizados pela administração do produto junto com alimentos. Devido à capacidade que as tetraciclinas têm de ligar-se ao cálcio, pode provocar arritmias cardíacas.
Período de carência:
Aves Carne: Não destinar ao consumo humano, a carne das aves tratadas antes de 3 dias após o último tratamento. Ovos: Não destinar ao consumo humano, os ovos das aves tratadas, antes de 5 dias após o último tratamento.
Suínos Carne: abaixo de 400 gramas/tonelada (ppm) = retirada zero. Na dose de 500 gramas/tonelada (ppm) = 5 dias. Bovinos, ovinos e caprinos Carne: Não destinar ao consumo humano, a carne dos animais tratados antes de 5 dias após o último tratamento. Leite: Não destinar ao consumo humano o leite dos animais tratados.
Conservar em local seco e fresco, entre 5ºC e 30ºC, ao abrigo da luz solar, fora do alcance de crianças e animais domésticos. Venda sob prescrição e administração sob orientação do médico veterinário.

Apresentação

Sachê plástico contendo 50 ou 100 g, acondicionado em embalagem coletiva (balde) contendo 5 sacos, saco multifolhado de 25 kg w barrica de microfibra de 10 kg.

Classe Terapêutica

ANTIMICROBIANOS GERAIS; ANTIFÚNGICOS E ANTIPROTOZOÁRIOS (COCCIDIOS, FLAGELADOS)

SAC
0800 9412000